– Biatutty's Blog

De fora, parece muito simples a conclusão :)

Menos um camundongo 05/03/2010

Leia bem isso aqui camundongo, que alívio pra mim aquela conversa, muito bom saber que o que eu ia dizer era o que você queria dizer também, eu queria falar há algum tempo mais estava tomando coragem e analisando a forma de falar pra não magoar você e fique sabendo agora por intermédio desse meu humilde blog: EU DETESTO O MODO COMO VOCÊ BEIJA, e destesto o modo como você ri, destesto a sua frescura com o notebook, detesto seu ato de comer um prato feito inteiro mesmo não aguentando, levantar do restaurante pesado, empanturrado e empazinado só por ter pago R$ 7,00, detesto muitas coisas em você, de verdade. Quer saber algo sobre mim? Eu não valho porr* nenhuma, eu finjo que amo quando me favorece, mas aposto que não é nenhuma novidade pra você! E eu juro que não finji que te amava, eu comecei falando de brincadeira, te chamando de amor e ria logo em seguida, EU NÃO TE ENGANEI, não nesse sentido. Você foi capaz de falar na minha caraça que não estava com paciência pra conversar comigo, que eu te tirei do sério (a verdade dói né?!) fique sabendo que eu calei a boca justamente porque chegou uma outra pessoa e não pela sua falta de paciência, e eu sei que você vai sentir minha falta quando eu estiver em outro lugar, eu sei que vai!

Agora, quem é você pra me dizer o que eu tenho ou não que fazer? Eu faço o que eu estou a fim de fazer e na hora que eu estiver a fim, MOLEQUE ache o que quiser, eu não ligo! E só pra constar… Não teve significado algum pra mim o que aconteceu, então não se sinta privilegiado, culpado ou arrependido por nada. Eu realmente tirei um peso da minha consciência, não estou mais enganando ninguém, mentindo pra ninguém  e nem inventando desculpas, eu estou sendo eu mesma e falando a verdade, malz ai por dar a entender que eu te amava, eu tenho essa mania feia  de falar as coisas brincando ¬¬. Eu deveria ter escutado a Isabela o tempo todo, essa história ainda daria BO (Traduzindo: BOSTA/ lê-se: merda), talvez eu pague por isso um dia, talvez a vida me ensine.

Você disse pra mim que na verdade não existia sentimento da sua parte, agora é a minha vez de te pedir desculpas por dizer isso, não existia sentimento de AMBOS, você sabia das minhas tretas, se não desconfiava e dizia que não se sentia incomodado com isso, apesar de que quando eu saia com a Isa ficava de carão pro meu lado, só peço uma coisa, CUIDADO COM A SUA DUPLA PERSONALIDADE isso uma hora ou outra pode te atrapalhar e muito. Que bom que você também quer apagar o que aconteceu nessas semanas, nessas duas vezes que ficamos, porque é exatamente isso que eu quero também e vou te falar… Estou super feliz agora, não estou te devendo nada, não tenho que te esconder nada de você e nem ficar preocupada com que eu digo na sua frente.

Agora pra você não ficar tão magoado comigo, ainda tenho que confessar uma verdade, cara na boa, você é uma pessoa especial, merece alguém que te ame de verdade, que use as roupas que você gosta, aquelas que cobrem os joelhos, que não fale palavrões, que não chegue em casa tarde, que não tenha tretas e que seja capaz de mudar por você! Que goste da sua risada esquisita e do modo como você chupa a boca beijando, sei lá, que estranho você! ui.

Essa palavra nunca significou tanto pra mim como agora: ADEUS!

Anúncios
 

2 Responses to “Menos um camundongo”

  1. lavando roupa suja no blog?
    hauhauahua


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s