– Biatutty's Blog

De fora, parece muito simples a conclusão :)

Salário do Pênis 30/05/2013

Eu, Pênis, solicito aumento de salário pelas seguintes razões:

– Faço esforço físico no cumprimento de minhas funções;

– Trabalho em grandes profundidades;

– Mergulho de cabeça em tudo que faço;

– Não descanso nos fins de semana ou feriados nacionais;

– Trabalho em ambiente extremamente úmido;

– Não recebo horas extras;

– Trabalho em ambiente sem iluminação e sem ventilações adequadas;

– Trabalho sob altas temperaturas, sem climatização;

– Meu trabalho me expõe as doenças contagiosas;

Resposta da diretoria(Feminina)

Sr. Pênis, após a revisão dos seus pedidos e considerando seus argumentos, a diretoria REJEITOU seu pedido baseando-se nos seguintes fatos:

– Você não trabalha 8 horas ininterruptamente;

– Você dorme durante o expediente após curtos períodos de trabalho em visível demonstração de “corpo mole”;

– Você não segue sempre as ordens da gerência e costumar visitar outras repartições;

– Não tem iniciativa. Precisa ser estimulado e pressionado para começar a trabalhar;

– Você deixa seu ambiente de trabalho bagunçado ao final do turno;

– Nem sempre você observa as normas de segurança de trabalho e abre mão de seu EPI – Equipamento de Proteção Individual. Ou seja, não veste a correta roupa protetora;

– Você se aposentará muito antes dos 65 anos;

– Você é incapaz de trabalhar dois turnos dobrados;

– Ás vezes você abandona sua posição de trabalho antes de completar a tarefa;

– Ou passa mal e vomita ou simplesmente desmaia .

– E se tudo isso não bastasse, temos observado que você entra e sai do seu local de trabalho carregando um saco de aparência suspeita.

Sem mais,
Atenciosamente,
Diretoria Feminina.

Anúncios
 

E 5 meses se passaram… 21/09/2011

Filed under: Fofocas — - biatutty :) @ 20:33
Tags: , , , , , , ,

Essa minha vidinha hipócrita, que nojo! Um ótimo emprego, morando em Jacarepaguá na rua mais sofisticada da Taquara, perto de tudo e no centro de todos os lugares que eu poderia estar, tudo isso pode ser deixado pra trás por causa de um noivado que nem acrescentou em PORRA nenhuma na minha vida, só me destruiu, só destronou aquilo que eu julgava mais importante e isso passou a ser segundo lugar, eu passei a ser segundo lugar na minha própria vida. Preciso de juízo, preciso de uma velha e boa “coça”, sei lá! Porque será que nos mulheres somos tão burras? Agora eu sei o quanto eu errei com o benhe, essa de ciume exagerado possessivo, doente, um vício maligno pela pessoa é tudo menos amor… E olha que eu larguei o conforto da minha casa, a minha mordomia pra ter minha independencia e também ficar perto do meu futuro marido, futuro marido? QUE MICO! Esse conto de fadas virou caso de polícia faz tempo.

Dá raiva de mim mesma de não ter ouvido as pessoas que só queriam me ajudar, o tempo todo, ele conseguiu destruir minha relação com amigas e com pessoas que eu amava. Além do meu emprego que eu suei pra conquistar, ai que fúria! Depois vou lançar um tutorial básico pra vocês leitoras não cairem nas garras de um homem desses… Ahhhh e o pior é que eu sou gamadinha por ele :/. Porque ele tem que ser tão ciumento??? Porque tem que me sufocar dessa forma? NÃO QUERO E NEM POSSO MAIS NEM OUVIR FALAR EM THIAGO’S. NUNCA MAIS!

Ainda estou decidindo meu novo rumo, a jornada acabou aqui, ainda essa semana, mas a experiência que eu adquiri, coitado do meu próximo namorado…

 

Micareta, EU SOBREVIVI! 26/02/2011

Me lembro bem, Era uma tarde chuvosa e eu toda me querendo, um arruma daqui e dali que não acabava mais, a galera estava reunida, todos esperando no portão da casa da minha tia (que foi, e se tornou o principal motivo para eu fazer revelações bombásticas de como sua micareta pode se tornar engraçada quando você leva uma tia da meia idade junto com você!) e eu terminando o make. Ficamos uns 10 minutos esperando o ônibus para a RioSampa e nada, e nada e NADA! Estava aflita… Seria minha primeira (e última) micareta (e eu estava indo com um pensamento de não beijar ninguém, a não ser que valhesse a pena) e eu queria muito estar lá, passou uma Kombi vazia, aí aquela mulambada de gente correu pra frente e parou o transporte confortabilissimo (¬¬ foi um sarcasmo) e entramos um por cima do outro mesmo. Quando chegamos um cara muiiiiiiiiiiiiito gato fez sinal, ele ficou o tempo todo num pisca-pisca, quase roubei ele pra enfeite de natal, aí ele começa as investidas, faz psiiiiu, aí minha tia comenta: “_ Caraca mal cheguei e já tô sendo paquerada”, aí eu penso comigo: tá né?! Aí quando eu resolvo olhar – é, porque charme demais principalmente em micareta nem rola – Ele aponta o dedinho pra minha tia, QUERENDO ELA!!!!!!!!!!! Eu e minha prima ficamos chocadas, não por ele querer ela, mas por ela não querer ele, gato mesmo! Daqueles que a gente baba. Aiaiai!

Do lado de fora estava fervendo carros de som, váaaaarias barracas com todo tipo de bebida você só via gente azul por todo lado, pra chegar perto da entrada é um sacrifício se eu soubesse que precisaria de defesa pessoal e da arte de se esquivar teria frequentado as aulas de judô, pra entrar outro sacrificio… Lá dentro as pessoas são felizes, andam de um lado pro outro, se beijam e até transam, isso mesmo! Transam! Um casal estava parado na nossa frente, se beijavam o tempo todo, de repente ele enfia a mão por dentro da bermuda dela e se eu narrar vai parecer mais um conto erótico, minha tia começa a falar em um tom pra eles escutarem: “_ VAI PRA UM MOTEL!”  mais não adiantou, o negócio começou a esquentar – Provavelmente alguém foi falar com os seguranças, todo mundo ficou incomodado (pra você imaginar como estava quente, porque sabe como é micareta ninguém liga pra nada), dois seguranças chegaram perto e conversaram com eles, que sairam de fininho. Esses seguranças voltaram pra onde estavam, eram muitos e formavam uma muralha lá atrás, pertinho de onde estávamos, eu e minha prima ficamos olhando e reparamos um, muitooo gato, aparentemente 23 aninhos por aí, fiquei encarando ele na cara de pau, e ele correspondeu, sorriu e fez um gesto com a mão apontando discretamente pro lado (próximo aos banheiros) e foi pra lá, eu fui atrás com a minha prima não achei ele e voltei, pois bem, nunca mais vi.

Uns caras fortes, bombados passam no nosso meio, minha tia passa a mão em um corpo suado daqueles e explana CANTANDO e GRITANDO assim: “_ QUERO BEIJAR VOCÊ… Ê Ê Ê Ê” em resposta ele rebate “_ Mais eu não quero NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO, SAI FORA TIA!” A gente começa a rir, e os amigos do cara zuando ele, minha tia quase fez xixi de tanto que riu, segurou o peito, ficou com o maxilar doendo, tomou um toco e achou very very funny! :/. Passa outro grupinho e me agarra, eu não queria ficar com ninguém, nem pegar sapinho então tentei fugir aí minha tia toda protetora perguntou se ele queria tomar um salavanco, aí foi que o menino foi o primogênito no conceito de pedir permissão para agarrar, e assim fez! Se fosse bonito até que eu beijava, pelo gesto. Ivete cantando lá em cima…

…nego passando a mão na minha bunda, minha prima beijando o atual namorado (acho que a única que arrumou namorado em micareta!) minha tia sumida com a colega (e quando chegou em casa disse que beijou muito,  rs ;*) e muita chuva e lama pra todo lado… A constatação é que  minha prima foi agarrada, eu fui agarrada e até minha tia foi agarrada, não há respeito e nem moral, só uma regra: DIVERSÃO A TODO CUSTO! Desse mundo de micareta posso gritar bem alto:  EU SOBREVIVI!

E não quero passar por isso outra vez, sem cuspir pra cima :D

 

Ladrão bizarro 25/02/2011

Filed under: Humor babaca de graça — - biatutty :) @ 12:22
Tags: , , , , , ,

Declarações absurdas de tão engraçadas…

 

 

Eu também ri /haha 14/02/2011

Filed under: O que rola na Web? — - biatutty :) @ 09:51
Tags: ,

Raxei o bico, ri horrores! Quem quiser entender é aqui.

 

 
%d blogueiros gostam disto: